Close

27/06/2017

O carinho felino pode ajudar no combate à depressão

Por ser um animal que procura constantemente o aconchego e ficar próximo das pessoas nas atividades quotidianas, o gato estimula quem sofre de depressão.

Um artigo publicado no portal melhoresamigos.com.br dá destaque a esta temática. A origem da depressão até hoje intriga os pesquisadores. De acordo com Silvana Fedeli Prado, psicanalista e superintendente Técnica da ONG Patas Therapeutas, a doença tem componentes genéticos e pode ser desencadeada por componentes externos em conjunto com a estrutura psicológica da pessoa.

Segundo a especialista, os animais, como o gato, entram nesse cenário de uma maneira incrível, porque fazem com que o depressivo tire o foco de si mesmo para dar atenção ao animal de estimação.

O gato aconchega-se, quer carinho, quer ficar junto, e o paciente começa a receber esse estímulo. “Dessa forma, a pessoa passa a cuidar também de onde o felino faz suas necessidades, limpando a caixinha, oferecendo alimento, e tudo isso é bem-vindo ao cotidiano. Existem até mesmo gatos que passeiam com coleira”, diz.

LER ARTIGO COMPLETO

 

Comments on O carinho felino pode ajudar no combate à depressão